Os apagamentos históricos que nos mobilizam (e nos fascinam)

Fogo! E agora?

“(…) a longevidade dos museus e de suas coleções está relacionada ao seu uso social. Edifícios repletos de coisas não bastam para que o museu funcione, é preciso que haja uma interação eficaz com as pessoas e a comunidade do seu entorno.” (Ewbank, 2019)

Em um interessante artigo sobre o aparecimento e desaparecimento dos museus do Rio de Janeiro, Cecilia Ewbank nos conta um pouco da história do surgimento do Museu Nacional e do seu desaparecimento.

O ponto mais interessante desta história é perceber como o Museu ressurgiu diante da sua morte. Após o incêndio, a mobilização nacional fez com que inúmeras pesquisas se iniciassem e uma nova relação de apreço a sua coleção desaparecida – ou os seus restos mortais coletados – surgisse.

A possibilidade do apagamento da memória nacional nos deixou carente de informações e cuidados com o acervo, mesmo para aqueles que jamais passaram na frente do museu.

Caso semelhante ocorreu há alguns anos com o MASP, quando duas obras foram roubadas e a visitação nos dias seguintes explodiu.

Tendemos portanto a criar uma relação de apego ao acervo material apenas depois que ele desaparece, como se precisamos entrar em contato com aquilo que perdemos para nos despedir. A grande questão é que, na maioria das vezes, sequer sabíamos que aquele objeto – ou um museu inteiro – existia.

Fica então a questão: por que essa relação de perda, de uma história quase inexistente para nós inicialmente, se cria? Qual o sentimento despertado em nós?

_________

Curta nossas redes sociais:

Insta: @criticaexpografica | Face: facebook.com/criticaexpografica

_________

Crítica Expográfica é escrito por Renata Figueiredo Lanz, que, além de produtora de conteúdo neste blog também é diretora de criação da Renata Figueiredo | design gráfico + expografia . Para entrar em contato envie um e-mail para renata@refigueiredo.com.br

_________

Gostou do post ou tem uma outra opinião? Deixe seu comentário abaixo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s