A razão de ser do crítica expográfica

Este blog nasceu de uma idéia surgida na minha banca de mestrado, devido a uma observação da professora doutora Marilía Xavier Cury: criar um local para compartilhar experiências sobre visitas a exposições, expografia e temas correlatos.

Aqui então serão abordadas questões da experiência do usuário que visita uma exposição, tentando evidenciar as sensações que uma exposição transmite e porque as vezes, saímos de uma exposição super animados, mesmo não tendo aprendido nada? Ou ainda saímos decepcionados, sem saber muito bem a razão. Também teremos conteúdo sobre exposições e algumas análises do cenário das exposições no Brasil e no mundo.

Entre outras questões, ambiciona-se responder:
O que faz uma exposição de sucesso? Porque algumas exposições, mesmo tendo uma qualidade muito boa, nunca alcançam grande êxito, enquanto outras, de qualidade inferior, tem recordes de visitação?

Serão investigadas outras questões também:
Afinal, como funciona a construção de uma exposição? O que deve ser pensado? Porque certas coisas são feitas da maneira que são? Qual a diferença entre a intenção da curadoria e o resultado da exposição? Porque o projeto curatorial nem sempre se revela na expografia?

Por fim, este é um site experimental em que colaborações, comentários sobre exposições, etc, são muito bem-vindos!


Este conteúdo foi escrito por Renata Figueiredo Lanz que, além de produtora de conteúdo no blog Crítica Expográfica é diretora de criação da Renata Figueiredo | design gráfico + expografia . Para entrar diretamete em contato com a autora, envie um e-mail para contato@refigueiredo.com.br